Entenda o Bolsa Família 2019 – Quem pode participar, como sacar

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza no Brasil, a fim de que possam superar a difícil situação de pobreza em que vivem. Entender o Bolsa Família 2019 é também conhecer seus direitos.

O programa busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde.Em todo o país, quase 15 milhões de famílias são atendidas pelo Bolsa Família.

Nesse artigo, nas próximas linhas, você vai conhecer melhor o programa, os direitos e deveres das famílias participantes. Fique conosco!

Quem pode participar do Bolsa Família 2019?

O programa foi criado para beneficiar famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza.

As famílias extremamente pobres são aquelas que têm renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa. As famílias pobres são aquelas que têm renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178,00 por pessoa. As famílias pobres participam do programa, desde que tenham em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos.

Entenda o Bolsa Família 2019

Para se candidatar, é preciso que a família esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com seus dados atualizados há menos de 2 anos.

Se você e sua família atendem aos requisitos de renda e não esteja inscrito, procure o responsável pelo Programa Bolsa Família na prefeitura de sua cidade para se inscrever no Cadastro Único.

Mantenha seus dados sempre atualizados informando à prefeitura qualquer mudança de endereço e telefone de contato e modificações na constituição de sua família, como nascimento, morte, casamento, separação, adoção, etc.

O cadastramento é um pré-requisito, mas não implica na entrada imediata das famílias no Programa, nem no recebimento do benefício. Mensalmente, o MDS– Ministério do Desenvolvimento Social seleciona de forma automatizada as famílias que serão incluídas para receber o benefício.

Veja abaixo os requisitos para receber o valor:

  • Inclusão da família, pela prefeitura, no Cadastro Único dos Programas Sociais do ​Governo Federal;
  • Seleção pelo Ministério do Desenvolvimento Social;
  • No caso de existência de gestantes, o comparecimento às consultas de pré-natal, conforme calendário preconizado pelo Ministério da Saúde (MS);
  • Participação em atividades educativas ofertadas pelo MS sobre aleitamento materno e alimentação saudável, no caso de inclusão de nutrizes (mães que amamentam);
  • Manter em dia o cartão de vacinação das crianças de 0 a 7 anos;
  • Acompanhamento da saúde de mulheres na faixa de 14 a 44 anos;
  • Garantir frequência mínima de 85% na escola, para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, e de 75%, para adolescentes de 16 e 17 anos​.

O cartão para poder sacar o bolsa família é retirado no nome do responsável familiar da casa, e cada família possui apenas um cartão. O dinheiro pode ser sacado nos estabelecimentos conveniados com a caixa Econômica Federal, casas lotéricas ou direto em agências da Caixa Econômica.

Está gostando do conteúdo? Deixe seu like nas rede sociais ao lado e ajude o site a crescer! Caso tenha alguma dúvida, basta comentar nas nossas redes sociais.

Tipos de benefícios do Bolsa Família

Entenda o Bolsa Família 2019

Confira abaixo alguns benefícios do bolsa família concedidos às famílias que preenchem os requisitos:

Benefício Básico: famílias em situação de extrema pobreza (com renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa). O auxílio é de R$ 89,00 mensais.

Benefício Variável: Destinado às famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza que tenham em sua composição gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças e adolescentes de 0 a 15 anos. O valor de cada benefício é de R$ 41,00 e cada família pode acumular até 5 benefícios por mês, chegando a R$ 205,00.

Benefício Variável de 0 a 15 anos: Destinado às famílias que tenham em sua composição, crianças e adolescentes de 0 a 15 anos de idade. O valor do benefício é de R$ 41,00.

Benefício Variável à Gestante: Concedido às famílias que tenham em sua composição gestante. O valor do benefício é de R$ 41,00.

Benefício Variável Jovem: famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza e que tenham em sua composição adolescentes entre 16 e 17 anos. O valor do benefício é de R$ 48,00 por mês.

Benefício para Superação da Extrema Pobreza: Destinado às famílias em situação de extrema pobreza. Cada família pode receber um benefício por mês. O valor do benefício varia em razão do cálculo realizado a partir da renda por pessoa da família e do benefício já recebido no Programa Bolsa Família.

É possível às famílias que estão em situação de extrema pobreza acumular o benefício Básico, o Variável e o Variável Jovem, até o máximo de R$ 372,00 por mês. Como também, podem acumular 1 (um) benefício para Superação da Extrema Pobreza.


Anualmente, o programa Bolsa Família 2019 sofre reajuste do Governo Federal, os requisitos para as famílias receberem o benefício sempre mudam e os valores também. Então, é bom ficar atento ao calendário e, sobretudo, aos critérios para participar do programa.

Caso ainda existam dúvidas relacionadas ao assunto é só deixar um comentário, logo a seguir, que iremos responder o mais rápido possível. Boa sorte!

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

Entenda o Bolsa Família 2019 – Quem pode participar, como sacar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *